Pressão Hidrostática no Interior de um Líquido

Esta simulação mostra o modo como se pode medir a pressão hidrostática no interior de um líquido recorrendo a um tubo manométrico em U. Na parte superior da câmara representada a vermelho na imagem existe uma membrana deformável em função da pressão exercida pelo líquido. Como consequência, a pressão de ar no tubo ligado à câmara (a cor de rosa) aumenta, "empurrando para baixo" o líquido de controlo na parte esquerda do tubo em U e fazendo subir a direita. A variação do nível de líquido representa a medida da pressão hidrostática.

Nota 1: O líquido dentro do tubo em U e na câmara deve ser o mesmo.
Nota 2: Só a pressão hidrostática no líquido é que é medida, não a do ar!

O que interessa nesta simulação é a relação entre a pressão hidrostática e a profundidade. Pode colocar a câmara mais para baixo ou mais para cima dentro do líquido, arrastando-a com o rato. Na zona à direita, é possível seleccionar um de diferentes líquidos. Para além disso o utilizador pode escrever valores de densidade directamente na caixa de texto respectiva e validá-los com a tecla "Enter". Os resultados surgem na parte inferior à direita, com a pressão em hPa.
(1 hPa = 1 Hectopascal = 100 Pa = 100 N/m2)

Java runtime environment not installed or deactivated

Repare que a pressão na água aumenta cerca de 1 hPa por cada centímetro de profundidade.

Uma fórmula geral para o cálculo da pressão é a seguinte:

p   =   g ρ h

p ... pressão hidrostática no líquido
g ... aceleração da gravidade
ρ ... densidade do líquido
h ... profundidade

 

 
Física
Applets de Física

URL: http://www.walter-fendt.de/ph14pt/hydrostpr_pt.htm
© Walter Fendt, Fevereiro 3, 1999
Casa das Ciências Ultima actualização em Português, Maio 27, 2009